Tipos de Poços

Poços em solo e sedimentos

São perfurados pelo método rotativo e devem possuir diâmetros de parede mínimos para acondicionar os revestimentos (filtros e tubos lisos) e pré-filtros. 0 pré-filtro é composto por um pedrisco selecionado instalado entre a parede do poço e a tubulação do revestimento. As entradas de água estão associadas às camadas mais permeáveis onde são instaladas as seções filtrantes.

Do início ao fim do projeto, a Hidrolle utiliza o Sistema de Perfuração de acordo com o terreno e estrutura do mesmo.

Poços em rocha

São poços perfurados pelo sistema roto-percussivo. A perfuração normalmente é feita em rochas duras e as entradas de água estão associadas à falhas, fratura e fissuras pré-existentes e secundariamente em poros dos arenitos e conglomerados.

Nesse tipo de projeto, a primeira fase se concentra em camadas de rochas inconsistente com o sistema de perfuração com circulação de lama. Forma-se uma proteção na parede para evitar desmoronamento e expelir material indesejado para fora do poço.

Sistema de Perfuração com Circulação de Lama

Com polímeros e betonite, a Hidrolle prepara um tipo de pasta especial que é utilizada na sondagem nas camadas sem solidez.

A função dela é de formar uma proteção para evitar desmoronamento e expulsar todo material indesejado que foi gerado durante a perfuração.

A maioria dos poços utiliza dois métodos básicos de perfuração.

Perfuração pelo sistema rotativo

Esse método é utilizado para perfuração em solos sedimentos e rochas decompostas. Utiliza-se um fluido estabilizador para que não ocorra desmoronamento ou erosões das paredes do poço.

Perfuração pelo sistema roto-pneumático

Esse método é utilizado em rochas duras como granitos, gnaisses, basaltos, etc.

fluido de perfuração é composto por ar comprimido, água e detergente neutro (utilizado para se obter uma limpeza mais rápida). Esse método quando aplicado, em geral não necessita de fluidos estabilizadores ou tubulações de revestimento.

Podemos auxiliar em todo os processo.